Conectar-se

Esqueci minha senha

Join us!
Últimos assuntos
» Avisos Administrativos
[FP] Axell Redwyne EmptyDom 21 Jul - 15:29:24 por Caraxes

» [RP Flashback] The beauty of Leal Island
[FP] Axell Redwyne EmptyDom 14 Jul - 17:51:06 por Esmesande Farman

» [FP] Axell Redwyne
[FP] Axell Redwyne EmptyDom 7 Jul - 13:09:36 por Caraxes

» [Teste de adoção] Joffrey Dayne
[FP] Axell Redwyne EmptySab 6 Jul - 22:56:23 por Caraxes

» [Teste de adoção] Ko Rhaggo
[FP] Axell Redwyne EmptySab 6 Jul - 0:10:13 por Caraxes

» [FP] Bismarck
[FP] Axell Redwyne EmptySex 5 Jul - 14:28:25 por Caraxes

» OAK, christina
[FP] Axell Redwyne EmptyQui 4 Jul - 13:43:02 por Caraxes

» [RP de Evento Adverso - Junho] Casa Serret de Colina de Prata.
[FP] Axell Redwyne EmptyTer 2 Jul - 1:32:04 por Caraxes

» [FP] Keira Eisenbower
[FP] Axell Redwyne EmptyQua 26 Jun - 20:21:15 por Caraxes

Data e época

Verão
Mês quatro // Ano 371
Administração

Balerion
// admin

Caraxes
// admin

Banguela
// admin

Valakas
// admin

Drogon
// admin
Aliados
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 104 em Seg 2 Set - 12:23:18

Sons of Winter


[FP] Axell Redwyne

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Axell Redwyne Empty [FP] Axell Redwyne

Mensagem por Axell Redwyne em Dom 7 Jul - 3:55:04

Axell Redwyne
355 D.C – Árvore
Michael Yerger
Espada juramentada, nobre – The Reach
Nascido nos domínios de sua família em uma noite tempestuosa e incomum foi tido como o mais novo membro de uma das tradicionais e nobres casas da Campina, os Redwyne da Árvore. Tendo sido o segundo feto o qual a lady houvera de ter dado a luz este foi até então o mais trabalhoso, sua concepção durara cerca de uma lua e meia e as parteiras indagavam-se se a morena suportaria o nascimento da criança. Para a felicidade dos integrantes de sua família a mulher obtivera sucesso e apesar disso sentia-se completamente arrasada e desnorteada. Os dias que se seguiram ao nascimento do rapaz foram de extrema comemoração, ao menos por parte dos lordes e ladys da região, sua mãe, no entanto se mostrava ligeiramente fraca, embora inconsequentemente e constantemente se visse mimando a cria.

O regozijo, contudo, fora rapidamente dissipado dando espaço à constante preocupação e o medo de perder aquele que era seu rebento mais novo; o infante trazia indubitavelmente dificuldades respiratórias, seu pulmão fraco ocasionava na subida e descida do peito de maneira vagarosa por vezes tendendo a paralisação e consequentemente ao completo desespero de sua ama e mãe. A mulher não mais dormia, apenas encarava obsessivamente seu fruto, desejando que melhorasse, implorando aos sete que ficasse bem. Incontáveis dragões foram gastos procurando a melhora do broto, trouxeram-se meistres de toda Westeros e por vezes a medicina de Essos os visitava, a cura viera, de fato, ainda que a matriarca desacreditada temia piamente pela vida de seu filho.

A pequena uva era promissora; tomada por uma aparência e elegância singular o indivíduo não gritava ou beberricava de palavras proibidas, trazia raras lágrimas e choros escandalosos estes jaziam apenas quando próximo à aquela que o gerara, visando assim seus beijos e chamegos. Brincava como todas as demais crianças na Árvore e quando tomado pelo tédio divertia-se atazanando os criados de seu castelo, este talvez fosse seu maior lazer, quebrava objetos e os culpava, furtava joias e escondia-as nos pertences dos serventes, não fazia por toda maldade, era algo infantil, inocente, repensaria em exerce-los caso tivesse conhecimento da quantidade de indivíduos que perderam seus membros ou foram direcionados a muralha devido os atos.

Em seus momentos livres a videira continuamente se via a carregar um livro, sempre fora um rapaz interessado em estórias e tendo tido acesso a uma pequena fortuna literária em sua própria casa se vira constantemente adentrando a aventuras protagonizadas por homens e mulheres prestigiados. Seus horários durante o dia eram preenchidos com aulas sobre o uso de espadas, o manuseio de arcos e lanças e também a utilidade de sempre possuir estratégias em lutas. Mesmo pequeno ele desejava se destacar perante seus aparentados, de ter a maior parte da atenção de sua genitora. A aventura e o anseio pelo desconhecido percorreram suas veias desde muito jovem; tornara-se pajem aos nove dias de seu nome, escudeiro aos onze e cavaleiro com treze, servira a um importante sir de Westeros, um acentuado companheiro de seu pai.

Sofrera em razão da morte de Ellery, talvez fora o que mais afligira-se, por seguidas luas e sois permanecera em silêncio em seus aposentos, chorando, incapaz de aceitar a partida daquela que por tanto o amara. A melancolia atenuara, não com a presença constante de irmãs e servas que buscavam incansavelmente sarar o martírio decorrido, mas por Vaith, a assiduidade exposta no até então possível meio-irmão trouxera remanso gradativo e isso os conectara imensamente.

É tido como o mais carismático daqueles provindos da árvore e tende a se manifestar como uma figura galanteadora e de postura aprazível, de fato, uma de suas maiores qualidades é olhar para com aqueles que são seus incumbindo-se de cuidar dos mesmos, até quando não convidado a exerce-lo. Em razão a puberdade lhe foi tida como de estranho conhecimento sobre si mesmo. Ao ser ostentado a possíveis pretendentes o garoto não se imaginava somente junto a elas. Havia desejos em seu intrínseco, ao olhar para as meninas as quais eram usualmente apresentadas, o mesmo conseguia se ver junto aos irmãos e pais delas, o que por sua vez gerara confusão na mente do Redwyne, todavia, logo essa fora tomada por aceitação.

O futuro se mostra uma incógnita para o rapaz; tende a ter um senso de aventura crítico, se encontra planejando viagens por toda Westeros, por vezes em Essos e sua excêntrica beleza descrita em livros, contudo, nada que conseguira pôr em prática. A crescente aproximação com Vaith o preocupa piamente em virtude de constatar gostar em demasia do mesmo. Permeia entre o desconhecido e se deixa levar por onde as emoções o permitir ir.
It’s summer time and I hang on a vine.
Axell Redwyne
Axell Redwyne
The Reach

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FP] Axell Redwyne Empty Re: [FP] Axell Redwyne

Mensagem por Caraxes em Dom 7 Jul - 13:09:36

FICHA APROVADA
Seja bem vindo ao Sons of Winter, Sor !

:fire:
Caraxes
Caraxes
Staff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum